Facebook planeja "fazer dinheiro" oferecendo WhatsApp com funções de chat corporativo

O Facebook revelou nesta terça-feira, 5,  o desenvolvimento de novas funções com as quais pretende passar a comercializar a plataforma Whatsapp, para permitir às empresas oferecer serviços de vendas e suporte aos seus usuários, por exemplo. O WhatsApp, que em agosto informou possuir 1,3 bilhão de usuários, publicou em um post no blog, nesta terça-feira, 5, que os serviços de bate-papo de negócios estão chegando em várias camadas.

"Estamos criando e testando novas ferramentas através de um aplicativo WhatsApp Business gratuito para pequenas empresas e outra solução empresarial para empresas maiores, que operam em larga escala com uma base global de clientes, como companhias aéreas, sites de comércio eletrônico e bancos", escreveu o chefe de operações da WhatsApp, Matt Idema.

"Se alguém está se comunicando com um negócio na esquina ou em todo o mundo, as pessoas esperam que o WhatsApp seja rápido, confiável e seguro. Ouviremos atentamente o feedback durante a fase de teste e manteremos as pessoas informadas ao disponibilizar essas ferramentas. É importante que possamos entender isso e pensarmos sobre as novas experiências que forneceremos para as empresas e nossos usuários", disse o executivo.

O Facebook adquiriu a WhatsApp por US$ 19 bilhões em 2014 e ainda não tinha se dedicado em monetizar o popular aplicativo de bate-papo.

O WhatsApp disse no ano passado que eventualmente começaria a testar ferramentas que poderiam permitir aos usuários se comunicarem com as empresas por meio de mensagens seguras, parte de uma revisão mais ampla para tornar o serviço ainda mais amigável.

As características estão sendo testadas por empresas no Brasil, Europa, Índia e Indonésia, segundo informou o Wall Street Journal em reportagem que cita uma entrevista com o chefe de operações da WhatsApp.  Idema não descreveu os recursos pagos ou disse quando eles seriam lançados. "Ainda não temos os detalhes da monetização", disse Idema ao Journal.

Itaú Unibanco cria piloto

O Itaú Unibanco e WhatsApp confirmaram nesta terça-feira, 5, parceria e dão início a um piloto para solução corporativa. Os testes começam em breve com clientes Personnalité Digital, com expansão do serviço feita de forma gradativa, sempre garantindo a qualidade aos clientes do banco. A parceria é exclusiva no Brasil e o Itaú Unibanco é a primeira instituição financeira a participar do projeto.

Neste primeiro momento, o projeto visa permitir o diálogo entre clientes digitais e os gerentes de suas contas. O envio de notificações e alertas são funcionalidades que já estão sendo estudadas.

O banco acredita no potencial da ferramenta corporativa e buscará disponibilizar rapidamente a maior oferta de serviços possíveis a seus clientes por meio dela.

"Estarmos sempre presentes na vida do cliente, na forma e no momento em que ele tiver necessidade, é um ideal que buscamos. O desenvolvimento de uma solução como esta será crucial para tangibilizarmos esse objetivo", afirma Luis Cunha, diretor executivo do Itaú Unibanco.

A empreitada contará com o envolvimento de mais de 50 colaboradores de diversas área do Itaú Unibanco, como Atendimento Digital, User Experience, Design, Marketing, e Tecnologia, em contato direto com a matriz do WhatsApp no Vale do Silício.

Fonte: TI INSIDE - ONLINE 
          Postado em: 05/09/2017, às 22:03 por Redação

Informações adicionais